Em Tocantins, Luciano Casaroti é o candidato mais votado em eleição para o cargo de PGJ

Com 67 votos, o Promotor de Justiça Luciano Casaroti foi o candidato mais votado para a formação da lista tríplice destinada à escolha do Procurador-Geral de Justiça (PGJ) que conduzirá o Ministério Público do Tocantins no biênio 2021/2022. Na segunda colocação ficou o Promotor de Justiça Abel Andrade Leal Júnior, com 62 votos e, em terceiro, o Promotor de Justiça Marcelo Ulisses Sampaio, com 57 votos. A eleição aconteceu nesta sexta-feira, 16, por meio de votação eletrônica com participação exclusiva dos membros. A lista tríplice com os nomes dos Promotores de Justiça será encaminhada, no próximo dia útil, ao Governador do Estado, Mauro Carlesse, a quem caberá fazer a escolha entre os três nomes apresentados. O prazo para que proceda à nomeação é de até 15 dias. Conforme tradição institucional da CONAMP, antes do pleito, foi enviado ao governador ofício solicitando a nomeação do candidato mais votado. Em 32 anos de história do Ministério Público tocantinense, esta foi a primeira vez que Promotores de Justiça puderam concorrer ao cargo de PGJ. “Parabenizo todos os candidatos que concorreram a esta eleição. Acreditamos que este foi um pleito justo, democrático e que os candidatos e a candidata apresentaram propostas visando o fortalecimento do MPTO. Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP) será sempre parceira para que esta instituição possa evoluir”, afirmou Jacqueline Orofino, presidente da ATMP. Com informações e foto da ATMP

Notícias

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Contate-nos

Fernando de Araújo Góes  01  Ed. Comercial Santa Cruz, Sala 103
-  Pernambués
 -  Salvador / BA
-  CEP: 41100-200
+55 (71) 3018.0204
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia